Vida

Austrália. Escola mandou fazer jaula para menino de 10 anos

Uma directora de uma escola pública australiana está a ser investigada por ter mandado construir uma jaula destinada a um aluno de 10 anos autista.

 

Segundo a imprensa australiana, a escola alegou que o objectivo era proporcionar um espaço para a criança se acalmar quando fica mais agitada em resultado da sua condição. Mas o argumento não convenceu a comunidade escolar nem o Ministério da Educação que, além de ter ordenado a destruição da jaula, afastou definitivamente a directora do cargo e abriu uma investigação.

A construção da jaula de dois metros quadrados custou mais de três mil euros, dinheiro do erário público gasto por adjudicação directa autorizada pela directora.

More photos emerge of the #cage used to restrain an autistic boy at a #Canberra school @abcnewsCanberra pic.twitter.com/AXm8tfQBtq

— Lisa Mosley (@LisaMosley) September 9, 2015