Vida

Menina morreu depois de usar um tampão. Médicos ignoraram sintomas de choque tóxico

Jemma-Louise Roberts, de 13 anos, morreu na sequência de um choque tóxico depois de usar um tampão. A criança britânica foi observada no hospital quando começou com vómitos e diarreia, tendo sido diagnosticada com uma gastroenterite. Mas o seu estado de saúde foi-se agravando e ao fim de uma semana acabou por morrer devido a uma hemorragia cerebral resultado do choque.

Menina morreu depois de usar um tampão. Médicos ignoraram sintomas de choque tóxico

A mãe de Jemma veio agora a público alertar outras jovens e mulheres para este problema. A síndroma de choque tóxico, apesar de rara, é uma infecção bacteriana grave e fatal que pode acontecer com o uso de tampões, principalmente quando são usados por longos períodos de tempo. Por isso, aos primeiros sintomas deve recorrer-se à urgência e mencionar o uso do tampão.

Nestes casos, as bactérias estafilococos libertam agentes tóxicos que afectam as membranas, incluindo a pele e órgãos vitais que começam a entrar em falência. É uma condição que precisa de tratamento médico imediato, o que não aconteceu no caso da criança britânica.

Os sintomas de Jemma começaram quando a família estava de férias e depois de lhe ser diagnosticada uma gastroenterite viral, os médicos aconselharam-na a ficar longe de hospitais para diminuir o risco de contágio. Mas a família voltou a levar a menina à urgência quando o estado de saúde se deteriorou consideravelmente. Ainda ficou internada num hospital pediátrico com ventilação por falência cardíaca e respiratória. Ainda assim, já nada conseguiu salvar a jovem.

Os comentários estão desactivados.