Internacional

Bashar al-Assad diz que o fracasso da Rússia destruiria o Médio Oriente

O presidente sírio, Bashar al-Assad, afirmou hoje que um fracasso da Rússia e seus aliados no combate "aos grupos terroristas" significaria a destruição da região do Médio Oriente.

"A aliança entre a Rússia, a Síria, o Iraque e o Irão tem de ter êxito, caso contrário toda a região será destruída, não apenas um ou dois países", disse al-Assad numa entrevista difundida pela televisão iraniana Khabar.

"O preço a pagar será certamente elevado", acrescentou, segundo um excerto divulgado pela presidência síria na rede social Twitter.

Bashar al-Assad disse-se contudo confiante de que "esta coligação vai obter verdadeiros resultados".

"As hipóteses de êxito desta coligação são grandes e não mínimas", disse, apelando aos países ocidentais para que se juntem a ela.

"Se esses países se juntarem de forma séria e sincera à luta contra os terroristas, pelo menos deixando de os apoiar, obteremos resultados muito mais rapidamente".

A Rússia lançou na quarta-feira uma campanha de bombardeamentos aéreos na Síria, contra o grupo extremista Estado Islâmico, mas também contra outros grupos da oposição ao regime de Assad.

Os países ocidentais, que defendem o afastamento de Assad, acusam a Rússia de estar a apoiar o regime atingindo os seus opositores, depois de vários revezes sofridos pelo exército sírio nos últimos meses.

Lusa/SOL