Economia

Mercedes-Benz bate recorde de vendas e lidera mercado 'premium' em Portugal

A Mercedes-Benz anunciou hoje que lidera os mercados das marcas 'premium' em Portugal e em outros países como os Estados Unidos, Alemanha ou Japão, o     que contribuiu para um recorde de vendas histórico até setembro.

 


A Mercedes-Benz fechou os primeiros nove meses do ano e o terceiro trimestre à frente da BMW e Audi em vários mercados, nomeadamente em Portugal, onde vendeu 10.333 automóveis, mais 31,9% do que no mesmo período homólogo, sendo a quarta marca mais vendida, atrás das generalistas Renault, Volkswagen e Peugeot.

Em comunicado, a Mercedes-Benz indica que foi "a procura pelos modelos compactos" que ajudou a alcançar os atuais resultados, com mais de 426.022 unidades do Classe A, B, GLA e CLA em todo o mundo, mais 27,1% do que no período anterior. 

Em termos globais, a Mercedes terminou o terceiro trimestre do ano com um total de 477.999 automóveis comercializados entre julho e setembro deste ano, "fazendo deste trimestre o mais forte ao nível de vendas na história da empresa (+16,1%)". 

Desde o início do ano, 1.376.424 automóveis Mercedes foram comercializados em todo o mundo, mais 15,2% que no ano transato, sendo que em setembro, a marca de Estugarda vendeu 188.444 automóveis, um aumento de 15,8%. 

"Mais de 50.000 'Sport Utility Vehicle' (SUV) comercializados em setembro e um crescimento de 36% são a prova do sucesso dos nossos produtos neste segmento", diz Ola Källenius, administrador da Daimler e responsável pela divisão da Mercedes-Benz Cars, acrescentando que "os novos modelos GLC e GLE registaram um sucesso instantâneo de vendas em todo o mundo". 

A Mercedes vendeu nos primeiros nove meses do ano 593.716 carros na Europa, mais 11,1% que no período homólogo anterior, sendo que cerca de um terço foi vendido na Alemanha (201,203 unidades +5.2%). 

Lusa/SOL