Politica

Nóvoa não desiste, mas fica em situação complicada

O anúncio de que o PS não apoiará qualquer candidato a Belém caiu mal na candidatura de Sampaio da Nóvoa, mas não o vai fazer desistir. Isso mesmo garantiu o candidato em declarações à TSF. Ao SOL, uma fonte da candidatura assegura que até «as obras na sede continuam».

 

Está tudo como dantes, afirma-se na campanha, apesar de tudo ter mudado no cenário do centro-esquerda no que toca a presidenciais.

António Costa decidiu ontem deixar claro que o PS não apoiará qualquer candidato às presidenciais de Janeiro de 2016, para evitar «fraturas no partido».

E hoje soube-se que Maria de Belém deve avançar com o anúncio formal da sua candidatura no dia 13 de Outubro.

Este novo cenário significa que, para já, António Sampaio da Nóvoa conta apenas com o apoio do partido Livre/Tempo de Avançar, que não conseguiu eleger qualquer deputado nas legislativas. Mas quer também dizer que conta com uma adversária na esquerda cuja candidatura tem sido promovida pela ala segurista que agora contesta a liderança de António Costa no PS.