Desporto

FPF participa ao Ministério Público suspeitas levantadas por Bruno de Carvalho

A Federação Portuguesa de Futebol pediu a intervenção do Ministério Público para verificar se existe ilícito na sequência das declarações do presidente do Sporting sobre aliciamentos a árbitros por parte do Benfica, disse hoje à Lusa fonte da direção.

 

"A federação participou ao Ministério Público todo o dossiê sobre as suspeitas" levantadas por Bruno de Carvalho durante o programa Prolongamento, na TVI24, disse a mesma fonte.

Na segunda-feira, o presidente do Sporting denunciou alegados aliciamentos a árbitros feitos pelo Benfica, referindo que, por ano, o valor que os 'encarnados' despendem em jantares e prendas ronda "um quarto de milhão de euros".

Lusa/SOL