Vida

Homem sobrevive seis dias num deserto alimentando-se de formigas

Um homem de 62 anos sobreviveu durante seis dias num remoto deserto do oeste da Austrália, sem água e a alimentar-se à base de formigas, informam hoje os 'media' locais.

A mulher do caçador considerou um "milagre" a sobrevivência de Foggerdy DR
DR

Reginald George Foggerdy foi caçar, na quarta-feira, com o seu irmão numa zona desértica situada a cerca de 170 quilómetros da localidade de Laverton, no interior do estado da Austrália Ocidental.

O seu irmão alertou a polícia depois de notar a sua ausência, tendo as autoridades encontrado Reginald George Foggerdy a cerca de 15 quilómetros da sua tenda de campanha, após realizar buscas por terra e por ar.

O homem estava "extremamente desidratado e um pouco delirante (...) não bebeu água durante seis dias", disse o porta-voz da polícia Andy Greatwood à cadeia televisiva ABC, indicando que o caçador passou os últimos dias debaixo de uma árvore e a comer formigas negras.

A mulher do caçador, Arlyn, considerou um "milagre" a sobrevivência de Foggerdy.

Lusa/SOL