Politica

Não vale a pena especular, avisa Cavaco

Na imprensa, nos blogues e nas conversas de café multiplicam-se os cenários sobre a formação do governo. Sendo certo que é o Presidente quem tem na mão a decisão, Cavaco está no centro de todas as especulações. Ao ponto de hoje o DN afirmar que “Cavaco dá posse a Costa só depois de Passos cair” e de o i dizer que “Cavaco recusará dar posse a governo de esquerda”.

Há informações para todos os gostos e Cavaco Silva já deu, por diversas vezes, sinais de que não gosta deste ruído mediático.

Por isso, o Presidente fez um comunicado curto, mas suficiente para calar os comentadores políticos e analistas que se entretêm a advinhar o que poderá o Presidente fazer.

Cavaco faz isso em dois parágrafos: “Como costuma acontecer em épocas de decisões políticas de maior importância, os órgãos de comunicação social procuram antecipar as decisões do Presidente da República, invocando fontes da mais diversa ordem. O Presidente da República reafirma que as decisões que vier a tomar transmiti-las-á diretamente aos Portugueses ou através do Chefe da sua Casa Civil.”

Ou seja, quando Cavaco decidir, será o próprio a anunciar o que irá fazer. Até lá, os cenários não passam disso mesmo: especulações.