Politica

Ferreira Leite: está em curso 'um golpe de Estado'

"Estamos perante um país em estado de choque, uma grande parte em grande pânico pela interpretação que está a ser dada aos resultados eleitorais, que é uma interpretação abusiva e que corresponde a um verdadeiro golpe de Estado", disse Manuela Ferreira Leite, ontem à noite, na TVI24.

Referindo-se às negociações que estão a ser conduzidas à esquerda, a antiga líder do PSD acusou ainda o líder do PS de estar a cometer "uma fraude": "É inadmissível que isso seja feito através de uma fraude aos eleitores. Se António Costa tinha na sua mente que ia aliar-se ao PCP e ao BE, só teria legitimidade para fazer esta negociação se tivesse dito isso em campanha eleitoral". O líder socialista, rematou, "não tem mandato nenhum para se aliar à esquerda radical e o povo, 70%, também não o quer". "Isto é uma verdadeira fantochada" e "só por diversão intelectual é que podemos admitir que um governo PS, PCP e BE é sólido, estável, equilibrado, quando precisa hora a hora de votar as suas medidas".

Manuela Ferreira defende que nas eleições de 4 de outubro os portugueses deram uma vitória clara ao PSD, que deve formar governo e negociar entendimentos com o PS. "Arranjem lá qualquer coisinha em que se entendam, por favor, é o país que está em causa".

paula.azevedo@sol.pt