Politica

Passos e Portas procuram apoios junto de patrões

A coligação anunciou uma ronda pelos parceiros sociais, que começa esta sexta-feira com os patrões da Confederação da Indústria Portuguesa (CIP) e da Confederação de Agricultores de Portugal (CAP).

O objetivo, explica fonte do PSD, é explicar aos parceiros sociais “por que é que o PS não pode ser governo”, tentando obter alguns apoios ainda antes da ronda de audições que o Presidente da República fará em Belém na próxima semana.

 

Os encontros desta sexta-feira serão feitos por uma delegação chefiada por Paulo Portas, o vice-presidente do PSD, Marco António Costa, e o líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro.

margarida.davim@sol.pt