Internacional

Polícia espanhola deteve 81 utilizadores de pornografia infantil

As autoridades espanholas informaram hoje que detiveram 81 pessoas alegadamente implicadas na troca de vídeos e fotografias de pornografia infantil, "algumas de extrema dureza".

Na operação policial, em que estiveram envolvidos 300 agentes em 28 províncias espanholas, foram detidas, até ao final da manhã, 81 pessoas que trocaram através de redes P2P, na internet, milhares de imagens.

O comunicado da Polícia Nacional refere que as imagens (fotografias e vídeos) "são de extrema dureza e enquadram-se em atos de sadismo e de bestialidade".

Entre os detidos, todos do sexo masculino, encontram-se dois menores de idade e duas pessoas com problemas mentais.

As principais detenções localizaram-se em Madrid (14 pessoas), Barcelona (11), Valência (6), Alicante (06), Sevilha (05), Ilhas Baleares (04) e Pontevedra (04), indica o mesmo comunicado.

As investigações foram levadas a cabo por agentes especializados em investigação tecnológica que vigiam permanentemente os canais de troca de arquivos como as redes Peer to Peer (P2P).

Após um ano de pesquisas, os investigadores conseguiram identificar dezenas de utilizadores que, sob aparente anonimato, partilhavam fotografias e vídeos de pornografia infantil.

Na operação desencadeada hoje em 80 residências, em todo o país, foram analisados os equipamentos informáticos utilizados, alegadamente, utilizados nos delitos.

Segundo a polícia, foram apreendidos 96 discos duros e memórias externas, 58 computadores, além de telefones, máquinas fotográficas e câmaras de vídeo.

As autoridades na posse do material informático vão agora investigar a possibilidade de os suspeitos também serem, supostamente, responsáveis pela produção de material de natureza pedófila, abusos sexuais a menores e ligações a redes de pedofilia.

Lusa/SOL