Opiniao

O poderoso Alentejo

Os irmãos Carlos e Luís pertencem à sexta geração de vitivinicultores da família Serrano Mira e, hoje, são eles que dão corpo à alentejana Herdade das Servas, um património de 300 hectares ali para os lados de S. Bento do Ameixial, Estremoz. 

 

O seu bisavô materno fez história quando se tornou, em 1955, um dos três sócios fundadores e o primeiro presidente de uma adega cooperativa no Alentejo. Por outro lado, o avô paterno foi o primeiro a engarrafar os vinhos da família, estávamos então na década de 1940, criando uma das primeiras empresas particulares na produção de vinhos naquela região.

Em 1998, os irmãos Serrano Mira viraram mais uma página da história e arrancam com o projeto da Herdade das Servas. Aí, destacam-se as vinhas do Clérigo com 65 anos de existência, as vinhas da Judia (50 anos) e as do Azinhal (24 anos), que nos seus solos vermelhos de xisto e argilo-xistosos dão alma às uvas que compõem os vinhos que nos levaram àquelas terras. Falo do Herdade das Servas Branco Colheita Selecionada 2014 e da grande novidade, a terceira edição do Herdade das Servas Reserva Vinhas Velhas 2012.

O branco, com uma graduação alcoólica de 14,5%, é um vinho que simultaneamente evidencia estrutura mas também frescura, dá-nos aromas a frutos tropicais, notas minerais, enorme complexidade e final persistente. É um vinho muito gastronómico.

Quanto ao tinto (15,5% de graduação alcoólica) e depois de provarmos as anteriores edições de 2005 (mais fresco que a atual) e 2009 (mais maduro), mostrou-se com aromas a frutos bem maduros, aveludado, com taninos redondos a garantirem grande longevidade.

Um e outro foram fiéis acompanhantes de umas estupendas empadas e de uma bochecha de porco com puré de batata que vieram para a mesa com a assinatura de Maria da Fé, que durante 14 anos foi a alma da cozinha do restaurante São Rosas, em Estremoz.

Pode discutir-se a elevada graduação dos vinhos (nada que uma refeição feita à medida não resolva), mas a sua qualidade está no topo.  

jmoroso@netcabo.pt

HERDADE DAS SERVAS BRANCO COLHEITA SELECIONADA

Ano: 2014

Região: Alentejo

Castas: Roupeiro 

(com mais de 50 anos da 

vinha da Judia) 50%, 

Alvarinho (20%), 

Viognier (20%) e 

Sauvignon Blanc (10%)

HERDADE DAS SERVAS TINTO RESERVA VINHAS VELHAS

Ano: 2012

Região: Alentejo

Castas: Alicante Bouschet (45%), 

Aragonez (25%), 

Alfrocheiro (18%) 

e Petit 

Verdot (12%)