Internacional

Pelo menos 100 feridos num acidente de ferry entre Hong Kong e Macau

Pelo menos 100 pessoas ficaram feridas hoje, quando um ferry de alta velocidade que ligava Hong Kong a Macau embateu num "objeto não identificado" na água, revelaram as autoridades locais.

A Agência France Presse (AFP) refere imagens de pessoas feridas a serem retiradas do barco em macas e com máscaras de oxigénio num cais de Hong Kong, onde cerca de 20 ambulâncias já as aguardavam.

As autoridades receberam um telefonema cerca das 18:00 locais (10:00 em Lisboa) alertando para o facto de o ferry - com 163 passageiros a bordo -- ter ficado sem energia após um acidente perto da ilha de Lantau.

Os passageiros descreveram um caos no interior do barco após a falta de energia, que deixou as pessoas feridas desorientadas no escuro, e a imprensa local refere uma grande operação de resgate, com serviços aéreos, polícia marítima e bombeiros e o barco a ser rebocado de volta para Hong Kong.

A segurança das águas de Hong Kong foi posta em causa após um acidente que causou a morte de 39 pessoas em 2012, quando um ferry rápido colidiu com um barco de recreio perto de ilha de Lamma.

Um inquérito subsequente concluiu que uma "litania de erros" contribuíra para aquele que é considerado o pior desastre marítimo local em 40 anos, tendo abalado o centro financeiro asiático e manchado o histórico de segurança de um dos portos mais movimentados do mundo.

Posteriormente, em junho passado, mais de 50 pessoas ficaram feridas quando um ferry embateu num paredão junto à costa.

Lusa/SOL