Desporto

Roman Abramovich rejeitou uma oferta de 50 milhões de euros por Mourinho

Roman Abramovich não deixa cair José Mourinho no comando técnico do Chelsea. A não ser que paguem, pelo menos, 100 milhões de euros.

A revelação foi feita pelo empresário Alessandro Proto, encarregado pelo Mónaco para oferecer 50 milhões de euros ao dono dos blues de forma a garantir os serviços do técnico português, que vive nesta altura o pior momento da carreira em Londres. 

Contudo, a resposta que ouviu parece ter sido um redondo: 'Não'.

"Oferecemos 50 milhões de euros para ter o treinador de imediato, mas a exigência foi de 100 milhões de euros, valor que nos parece exagerado", explicou o acionista minoritário do emblema francês num comunicado enviado à EFE. 

Alessandro Proto considera ainda que Mourinho "não ficará muito mais tempo no Chelsea" e, por isso, ainda está a "pensar na proposta", até porque o técnico é "o melhor do mundo".

Por fim, mais uma confidência do empresário italiano: há uma equipa em Espanha, outra de França e uma dos Estados Unidos que estão disponíveis para satisfazer a exigência milionária de Abramovich e resgatar Mourinho.

hugo.alegre@sol.pt