Internacional

Refugiados esgotam 'stocks' de camas e colchões em lojas do IKEA

Várias lojas do grupo sueco IKEA na Alemanha e na Suécia esgotaram os 'stocks' de camas e colchões devido ao aumento da procura provocada pelos migrantes, disse hoje a empresa sueca de móveis.

"Há alguma escassez em diversas lojas na Alemanha e na Suécia, devido à situação dos refugiados na Europa", disse o porta-voz do grupo sueco, Josefin Thorell.

O IKEA não revelou o número de lojas afetadas, mas acrescentou que estão a falar com os fornecedores para acelerar as entregas.

A Alemanha e a Suécia estão entre o principal destino dos migrantes que chegam à Europa para escapar aos conflitos e dificuldades no Médio Oriente, Ásia e África.

Lusa/SOL