Sociedade

Isabel Moreira diz ter sido agredida na manifestação frente à AR

A deputada socialista Isabel Moreira queixou-se na sua página e Facebook de ter sido agredida e insultada por manifestantes contra as moções de rejeição ao Governo que hoje estão em protesto junto à Assembleia da República.


Foi durante a pausa dos trabalhos parlamentares, depois de a deputada ter almoçado num restaurante próximo do Parlamento, que as agressões e insultos terão acontecido.

“A manifestação pró-PAF está muito conservadora. Fui agora mesmo agredida fisicamente ao som de gritos coletivos - morre, cabra”, escreveu a deputada no Facebook.

"Não reagi, porque alguém, aparentemente com funções de segurança, se interpôs entre mim e os agressores", disse à Lusa.

A deputada Helena Roseta, como assistiu o SOL, também foi vítima de insultos por parte de uma manifestante contra o Governo de esquerda. “Faz parte dos traidores que vão dar cabo do país! Sua imunda”! A socialista respondeu: “Olhe que isso faz-lhe mal à saúde”. 

Os comentários estão desactivados.