Internacional

700.000 crianças do leste em risco de ficar sem aquecimento

A chegada das baixas temperaturas à Ucrânia e a situação precária das infraestruturas de água e eletricidade no leste do país podem deixar sem aquecimento mais de 700.000 crianças da região, alertou hoje a UNICEF.


A canalização do sistema de aquecimento nas regiões de Donetsk e Lugansk foi gravemente danificada no conflito que opõe os separatistas pró-russos ao governo de Kiev.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) advertiu que se aquelas infraestruturas não forem reparadas rapidamente, não poderão fazer face às baixas temperaturas na região, que podem chegar aos 20 a 30 graus negativos.

A agência da ONU pediu assim que seja garantido o acesso humanitário às zonas não controladas pelo governo central para reparar a estrutura em causa e proteger a população mais vulnerável.

William Fellows, da UNICEF na Ucrânia, assinalou que a vida das pessoas está em perigo, adiantando que os combatentes têm o equipamento necessário para realizar os arranjos.

Lusa/SOL

Os comentários estão desactivados.