Desporto

Figo apoia Gianni Infantino na corrida à presidência da FIFA

Luís Figo manifestou hoje o seu apoio ao suíço Gianni Infantino na corrida à presidência da FIFA, cargo para o qual o antigo futebolista português chegou a apresentar candidatura.

"Foi um grande prazer ter estado com o Gianni Infantino no 'match for children' [disputado no sábado]. Espero que vença as eleições para a presidência da FIFA. Tem todo o meu apoio. Força Gianni!", escreveu Luís Figo na sua página na rede social Facebook.

O antigo internacional português capitaneou no sábado a seleção do resto do mundo que defrontou uma seleção de futebolistas da Grã-Bretanha e da República da Irlanda num jogo de solidariedade a favor da UNICEF.

Gianni Infantino, secretário-geral da UEFA, é um dos cinco candidatos à sucessão de Joseph Blatter na presidência da FIFA, nas eleições de 26 de fevereiro de 2016.

Além de Infantino, vão apresentar-se a votos o francês Jérôme Champagne, o jordano Ali Bin Al Hussein, Salman bin Ebrahim Al Khalifa, do Kuwait, e o sul-africano Tokyo Sexwale.

Ainda pendente está o processo de candidatura de Michel Platini, presidente da UEFA, que se encontra suspenso por 90 dias, por implicação no escândalo de corrupção que atinge a FIFA.

Luís Figo formalizou a candidatura às anteriores eleições da FIFA, mas acabou por se retirar da corrida, comparando o estado do organismo que rege o futebol mundial a uma "ditadura".

A 29 de maio, Joseph Blatter -- que se encontra suspenso - acabou por ser reeleito para um quinto mandato, demitindo-se pouco tempo depois, na sequência de um escândalo de corrupção, que levou à detenção de vários dirigentes da FIFA.

Lusa/SOL