Internacional

Libertados 80 reféns do hotel Radisson no Mali

Cerca de 80 das 170 pessoas feitas reféns durante um ataque armado hoje ao hotel de luxo Radisson Blu em Bamako foram libertadas, noticiou a televisão pública maliana ORTM.

"Ataque ao hotel Radisson: as forças especiais lançaram o assalto, primeiros reféns libertados, cerca de 80", informou a televisão num rodapé.

"As nossas forças libertaram três dezenas de reféns e outros conseguiram fugir sozinhos", disse por seu lado à agência France Presse o ministro da Segurança, coronel Salif Traoré, sem outros pormenores.

"Dois ou três" homens armados atacaram hoje o hotel de luxo Radisson Blu, na capital do Mali, fazendo 170 reféns entre hóspedes e funcionários e matando pelo menos três pessoas.

Fontes da segurança disseram que os atacantes são 'jihadistas' que chegaram ao hotel cerca das 07:00 TMG (mesma hora em Lisboa) num automóvel com matrícula diplomática, entraram e começaram a disparar armas automáticas.

França anunciou que vai enviar cerca de 40 polícias de uma unidade de elite da polícia militarizada ("gendarmerie").

Lusa/SOL