Desporto

Treinador português afastado do comando técnico do vice-campeão do Moçambola

O técnico português Nelson Santos foi demitido do comando do Costa do Sol, depois de ter falhado o título da maior prova futebolística de Moçambique, informou um comunicado do clube, citado hoje na imprensa local.


Nelson Santos, que chegou a Maputo em 2012 para substituir o também português Diamantino Miranda, deixa o comando técnico dos 'canarinhos' depois de ter conduzido a equipa ao segundo lugar do campeonato moçambicano, o Moçambola, vencido pelo Ferroviário de Maputo.

No comunicado enviado à imprensa, a direção da equipa alega que a demissão surge na sequência dos "fracassos da época 2015", em que o Costa do Sol não conseguiu nenhum título, tendo também perdido a final da Taça da Liga, vencida pelo Ferroviário de Nacala.

Este é o segundo treinador português que deixa o comando técnico de uma equipa moçambicana, duas semanas após o fim do Moçambola.

No fim da época, também Litos abandonou o comando técnico da Liga Desportiva de Maputo, vencedora da Taça de Moçambique, tendo sido substituído pelo antigo futebolista da Académica de Coimbra Dário Monteiro.

O novo campeão, Ferroviário de Maputo, por sua vez, trocou no início da época o treinador português Vítor Pontes por Caló e conquistou o seu 10.º título, que lhe fugia há cinco temporadas, tornando-se no emblema com mais vitórias no Moçambola.

Lusa/SOL