Internacional

Pó branco encontrado na grande mesquita de Bruxelas deverá ser farinha

Os envelopes encontrados hoje junto da grande Mesquita de Bruxelas não representam qualquer perigo e o pó branco encontrado poderá ser farinha, segundo porta-vozes citados pela imprensa local.

Elementos do laboratório de proteção civil deslocaram-se ao local, junto do parque do Cinquentenário, para recolher os envelopes para análise, tendo sido acionado o dispositivo para uma possível situação de antraz, um agente químico perigoso.

Por prevenção, 11 pessoas foram descontaminadas, relatou um porta-voz dos bombeiros, Pierre Meys, sublinhando que as investigações revelaram não haver qualquer perigo.

Os resultados preliminares do laboratório indicaram que o pó branco é inofensivo e muito provavelmente será farinha, acrescentou um porta-voz da polícia local.

O edifício localiza-se na zona da Comissão Europeia, do Conselho Europeu e do edifício que aloja a embaixada e o consulado de Portugal, bem como a Representação portuguesa junto da UE (Reper).

A polícia montou um perímetro de segurança na grande mesquita.

Várias mesquitas localizadas na capital belga têm sido alvo de ameaças nos últimos dias.

Bruxelas está em alerta máximo desde sábado por risco de ataque terrorista iminente, tendo o metro e as escolas estado encerrados até terça-feira, inclusive.

As escolas reabriram na quarta-feira com segurança reforçada e o metro retomou parcialmente a circulação.

A situação será reavaliada na segunda-feira, segundo o primeiro-ministro belga, Charles Michel.

Lusa/SOL