Politica

Hollande exorta deputados britânicos a aprovarem ataques aéreos

O Presidente francês François Hollande emitiu hoje um apelo aos deputados britânicos "em solidariedade com a França" para aprovarem ataques aéreos na Síria dirigidos contra o grupo extremista Estado Islâmico (EI). 

"Em solidariedade com a França mas sobretudo em consciência na luta contra o terrorismo, apenas posso apelar a todos os deputados britânicos para que aprovem esta intervenção", declarou Hollande à agência noticiosa AFP, à margem da cimeira da Commonwealth em Malta. 

Hollande evocou "uma vontade comum de lutar contra o terrorismo" e também se felicitou pelo empenho da chanceler alemã Angela Merkel, em apoiar o esforço francês caso o Bundestag (parlamento da Alemanha) aprove a medida. 

"Espero que estes dois países sigam nesse sentido, tendo em consideração os laços de amizade, tendo em consideração a participação na luta contra o terrorismo", insistiu, numa referência à "amizade franco-britânica" e à "amizade franco-alemã".

No entanto o desafio "vai para além de nós, porque se fomos atingidos em França, foi o conjunto da Europa que foi atingida e é o conjunto dos países que querem preservar a liberdade que foram atacados", acrescentou.

Na quinta-feira, o primeiro-ministro britânico David Cameron apelou ao parlamento para apoiar o início de ataques aéreos britânicos contra o EI na Síria.

Londres já efetua este género de intervenção no Iraque, mas o parlamento opôs-se em agosto de 2013 a ataques aéreos na Síria, e na ocasião contra o regime de Bashar al-Assad, cujas forças tinham sido acusadas de ataques com armas químicas.

A votação sobre esta questão poderá já ocorrer na próxima semana no Reino Unido.

Lusa/SOL