Internacional

Falso alarme levou a evacuação de consulado português em Londres e edifícios junto a BBC

O consulado de Portugal em Londres e vários outros edifícios próximos das instalações da estação pública britânica BBC foram hoje evacuados pela polícia, por suspeita de bomba num veículo estacionado nas imediações.

Segundo a imprensa inglesa, o alarme foi dado pouco depois das 14:00 (locais e de Lisboa), hora a que o edifício do consulado estava encerrado ao público devido a uma atualização do sistema informático em curso.

Um porta-voz da Polícia Metropolitana disse ao jornal The Independent que foi recebida uma chamada sobre a presença de uma viatura suspeita.

Às 15:15, a Scotland Yard confirmou que o alerta tinha sido cancelado e as pessoas, concentradas na rua, puderam regressar aos escritórios da zona.

Além do consulado de Portugal, situam-se na Portland Place as embaixadas da China e da Polónia, a Alta Comissão do Quénia e as sedes de organizações como o Royal Institute of British Architects, bem como hotéis e escolas.

Duas horas antes, perto da estação ferroviária de London Bridge, na margem sul do rio Tamisa, um pacote suspeito tinha também motivado a evacuação de diversos edifícios, mas tratou-se igualmente de um falso alarme.

O Reino Unido encontra-se desde agosto de 2014 no nível de alerta grave, que significa elevada probabilidade de ataque terrorista.

"A relação entre a polícia e o público e a quantidade de informação recebida têm sido fantásticas ultimamente, e precisamos que assim continuem, porque é essa vigilância que primeiro nos alerta para um ataque iminente", declarou o comissário-adjunto da Scotland Yard Mark Rowley, citado pelo The Independent.

Lusa/SOL