Economia

Natal: O que preferem os consumidores portugueses?

Em plena época natalícia, uma das grandes preocupações é o que dar, a quem e por quanto. 

Sendo que, este ano, são os descontos directos que estão a conquistar a maioria dos portugueses.

De acordo com um estudo do Observador Cetelem, 74% dos portugueses garantem que preferem os descontos diretos na hora de escolher os presentes de Natal.

Uma tendência que ganha expressão face ao ano passado, em que esta preferência era assumida apenas por 68%.

Já em segundo lugar, nas preferências dos portugueses, está o reembolso do valor. No entanto, esta possibilidade conquistava 42% dos portugueses em 2014. Sendo que este ano apenas 28% dos consumidores admite preferir este tipo de oferta.

Em terceiro lugar, na lista das preferências nacionais, está a possibilidade de crédito sem juros, que este ano conquista 20% dos portugueses inquiridos, um pouco mais do que no ano passado (15%).

As conclusões resultam de um inquérito realizado por telefone a 600 pessoas, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos.