Internacional

Venda de preservativos disparou na China

O portal de compras Taobao revelou que a compra de preservativos online subiu em Pequim e algumas cidades do norte da China. Quando? Nos dias em que foi registada uma maior percentagem de poluição, lê-se no China Daily.

AP  

Mas os chineses têm outras preocupações: nos últimos 30 dias, a compra de máscaras e purificadores de ar aumentou 141.5% e 50.9% respetivamente, refere o Wall Street Journal.

O aumento das compras online deve-se ao facto da população estar impossibilitada de sair de casa nos dias mais poluídos.

Pela primeira vez na História, as autoridades chinesas decretaram o alerta vermelho devido à poluição, que deve durar até ao meio-dia de quinta-feira.