Tecnologia

Juíza suspende WhatsApp no Brasil

Uma juíza brasileira de 1.ª instância suspendeu a aplicação WhatsApp no Brasil. 12 horas depois, um tribunal superior revogou a decisão.

Em causa está uma investigação ao que se pensa ser um barão da droga, apesar de a sua identidade não ter sido revelada, e que usa esta app.

A juíza decretou que as suas comunicações tinham de ser intercetadas, mas a gigante internacional – que é detida pelo Facebook – recusou, alegando questões de privacidade.

Recorreu da decisão e um desembargador da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo deu-lhe razão. Achou que a medida era desproporcionada e que não fazia sentido. “Não se mostra razoável que milhões de usuários sejam afetados”, considerou.

Segundo a empresa, metade dos brasileiros utilizam a aplicação: 100 milhões de pessoas.

 

 

Tonight, a Brazilian judge blocked WhatsApp for more than 100 million people who rely on it in her country.We are...

Publicado por Mark Zuckerberg em Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2015