Sociedade

Atrasos na emissão do cartão do cidadão

Atualmente estão a ser emitidos documentos que foram pedidos em outubro.   

A emissão do cartão do cidadão está com atrasos, em alguns casos de dois meses. Segundo o i apurou os funcionários estão a aconselhar as pessoas que aguardam pelo documento de identificação a andar com o passaporte. Neste momento estão a ser emitidos aqueles que foram pedidos em outubro.

Contactada a linha de apoio ao cartão do cidadão, a funcionária que atendeu o telefone também confirmou esta informação, considerando que os atrasos se deveram a um grande número de pedidos feitos desde setembro.

Ao i, Maria da Graça explicou que pediu o seu cartão no início de novembro e que lhe foi dito que o receberia em casa dentro de dias. “Quando dei conta já tinha passado mais de um mês. Liguei para lá e disseram-me que era melhor andar com o passaporte, uma vez que ainda estava demorado, pelo menos mais um mês”, explicou. Conta ainda que a justificação que lhe foi dada pelo serviço para o fluxo anormal foi a de que terá levado a um grande fluxo de pedidos.

Em setembro foi tornado público os atrasos na emissão de cartões vitalícios do cidadão. Segundo a Rádio Renascença, os atrasos começaram em Junho porque o Instituto dos Registos e Notariado não concordava com esta nova modalidade. Desde que os Bilhetes de Identidade acabaram que não existia essa opção.

Segundo o mesmo artigo, publicado online, desde que a modalidade passou a ser permitida, em Junho, que surgiram questões relacionadas com o levantamento de reformas e até com os votos.

Nessa altura, também foram confirmados grandes atrasos em diversas regiões do país. Ainda assim, e segundo testemunhos recolhidos na altura em várias conservatórias, a demora era apenas relativa aos cartões vitalícios, não havendo até setembro qualquer atraso significativo com a emissão dos cartões do cidadão comuns. 

Assim, se estiver na altura de revalidar o seu cartão – e os atrasos se mantiverem – saiba que poderá ter de usar o passaporte até março.