Sociedade

Morreu doente ‘recusado’ pelo Hospital de São José

Morreu o homem de 74 anos que foi transferido de Faro para Coimbra, depois de alegadamente ter sido recusado no Hospital de São José, em Lisboa.


A informação foi confirmada à agência Lusa por fonte dos hospitais de Coimbra, dizendo que o idoso morreu entre as "00:00 e as 00:30 de hoje, na Unidade de Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC)".

O doente foi levado de ambulância para Coimbra, no passado dia 15, depois de alegadamente ter sido rejeito no São José. O Centro Hospitalar do Algarve afirmou no domingo que foram cumpridas todas as normas de transferências de doente.

No domingo, o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Algarve (CHA), Pedro Nunes, disse à agência Lusa que vai ser aberto um inquérito para averiguar o caso. Na altura, ainda não tinha sido apresentada queixa formal por parte da família do doente, que sofreu um AVC nas urgências do hospital de Faro.

Pedro Nunes explicou ainda que o idoso tinha de ser atendido pela neurorradiologia, serviço que não existe em Faro, avançando-se assim com a sua transferência para outra unidade, que "não tem de ser obrigatoriamente São José, pode ser, por exemplo, Santa Maria", sublinhou.