Economia

Sindicato dos CTT pede aumentos de 4%

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT) propôs às administrações do universo CTT, empresas de correios expresso e PT Portugal um aumento de 4% dos salários em 2016, com subida mínima de 35 euros.

DR  


De acordo com o sindicato, “é um aumento que, de alguma forma, repõe o poder de compra perdido durante os últimos anos, durante os quais o Governo PSD/CDS impôs o congelamento salarial".

"Por outro lado, é justo que sendo os trabalhadores que contribuem decisivamente para os lucros dos CTT e para a boa imagem da empresa, apesar dos parcos meios que lhes são postos à disposição e tendo que trabalhar além dos seus horários, tenham o direito de verem as suas remunerações aumentadas, refere o SNTCT.

O sindicato espera agora que as respetivas administrações marquem reunião para discutir a proposta.

 

Os comentários estão desactivados.