Desporto

Platini retira candidatura à presidência da FIFA

Michel Platini retirou esta quinta-feira a sua candidatura à presidência da FIFA devido a “falta de tempo”, revelou ao jornal francês L’Equipe.


"Eu retiro a minha candidatura. Não posso nem tenho tempo para poder estar juntos dos eleitores, conhecer as pessoas e lutar por esta eleição como os outros candidatos. Ao retirar-me, estou a tomar a decisão de dedicar-me à minha defesa e poder limpar o meu nome", disse Platini, numa entrevista que será publicada na íntegra na sexta-feira.

Recorde-se que o atual presidente da UEFA foi suspenso, pela justiça interna da FIFA, de todas as atividades ligadas ao futebol por oito anos. Em causa está o facto de ter recebido 1,8 milhões de euros em 2011 de Joseph Blatter – também ele suspenso – por alegados serviços de consultoria.

Os comentários estão desactivados.