Politica

CDS reúne congresso antes do PSD

O Conselho Nacional do CDS aprovou, esta noite, os dias 12 e 13 de março para a realização do congresso nacional do partido.


Esta foi a data indicada pela direção do partido e que será sufragada.

O regulamento do congresso também foi aprovado, bem como a sua comissão organizadora, que irá definir o local do encontro. Participarão no conclave centrista 1200 delegados, dos quais 70% eleitos e 30% por inerência.

À entrada para o encontro de hoje, as atenções viraram-se sobretudo para Assunção Cristas e Nuno Melo, dois dos nomes fortes que deverão entrar na corrida à sucessão de Paulo Portas.

Mesmo perante a insistência dos jornalistas, a ex-ministra da Agricultura e o eurodeputado recusaram fazer qualquer declaração. Ainda assim, Nuno Melo fez questão de clarificar que “este é o momento de Paulo Portas”.  

Recorde-se que o Congresso do PSD está marcado para 1 e 2 de abril e que o CDS chegou a considerar 9 e 10 de abril como datas possíveis para o conclave centrista.