Desporto

Piloto português parou para ajudar adversário directo no Dakar

Paulo Gonçalves nem hesitou quando viu o piloto austríaco Matthias Walkner sofrer uma queda, na qual poderá ter fraturado a clavícula e o fémur.

AP  

O português, piloto da Honda e líder da prova geral nas motos, parou para dar o alerta e ajudar o adversário austríaco, apontado como um dos favoritos à vitória nas motos.

Paulo Gonçalves perdeu assim 10m53s, o tempo que a equipa médica do Dakar demorou a chegar.

Por outro lado, de acordo com o Diário de Notícias, a organização da prova decidiu descontar ao piloto português esses preciosos minutos em que estava a ajudar Walkner do seu tempo final da etapa de hoje.

SOL