Economia

Greve na função pública para repor 35 horas de trabalho

A Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais (Frente Comum) anunciou hoje que irá marcar uma greve no dia 29 de Janeiro caso o horário de trabalho no Estado não regresse às 35 horas, de forma imediata.

 

DR  

A estrutura sindical afecta à CGTP quer a aprovação dos projectos de lei do PCP e dos Verdes que serão discutidos esta quarta-feira na Assembleia da República. Os diplomas determinam a reposição imediata das 35 horas "e não apenas em Julho de 2016, como propõe o PS", indica um comunicado do sindicato.

A Frente Comum informa que "procederá à entrega de mais de 40 mil assinaturas de trabalhadores da Administração Pública para a reposição imediata das 35 horas de trabalho semanal para todos os trabalhadores da AP" e que, caso as 35 horas não avancem já, haverá lugar a uma "ação de luta" a 29 de janeiro.

joao.madeira@sol.pt