Economia

Mota-Engil: Ações suspensas depois de queda acima de 20%

No momento da suspensão os títulos da construtora valiam 1,13 euros.

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) suspendeu, esta segunda-feira, as acções as acções da Mota-Engil, depois de os títulos da construtora sofreram uma forte desvalorização ao recuarem mais de 20%.

As acções estavam a recuar 21,64% em relação a sexta-feira, quando foram suspensas minutos antes das 10h. Nessa altura, os títulos valiam 1,13 euros.

No entanto, no arranque deste ano o valor das acções estava perto dos dois euros, pelo que a desvalorização acumulada nas duas últimas semanas supera os 40%.

Já no final da semana passada as acções tinham apresentado uma queda acentuada, com os analistas a atribuírem o mau desempenho à forte exposição da maior construtora portuguesa aos mercados africanos, em particular a Angola.