Politica

Vítor Ramalho acusa Maria Belém de não saber “o que diz a Constituição"

Vítor Ramalho, mandatário em Setúbal da candidatura de Sampaio da Nóvoa, acusou hoje Maria de Belém de estar a "demonstrar a sua própria falibilidade e a sua própria debilidade" agora que se aproxima o dia das eleições.


O socialista reagia às declarações de Belém, que hoje assumiu que o PS deve apoiar os seus militantes e não candidatos independentes. "Era o que mais faltava ser mais importante apoiar um independente do que um socialista", afirmou hoje a ex-presidente do PS, durante a direção de António José Seguro, frisando que "o PS não pode discriminar os seus militantes".

Para Ramalho, que falava num comício de Sampaio da Nóvoa esta noite em Setúbal, "é estranho uma pessoa que quer defender a Constituição não saber o que diz a Constituição". Isto porque, lembrou o mandatário distrital da candidatura de Nóvoa, as candidaturas a Belém são unipessoais e não partem da iniciativa dos partidos.

E deixou um alerta à "camarada" Belém, que apareceu na corrida "depois" de Nóvoa: "não se esteja ela a diminuir reconhecendo que precisa de um partido para conseguir melhor resultado", numas eleições que "não são um combate de pobrezinhos".
 

Os comentários estão desactivados.