Economia

Renault: 15 mil carros vão ser chamados às oficinas

O construtor automóvel francês Renault vai chamar 15 mil veículos, antes de serem comercializados, para resolver problemas em motores a gasóleo, relacionados com as normas antipoluição. A informação foi avançada, esta terça-feira, pela ministra da Ecologia, Ségolène Royal.

O fabricante prometeu na segunda-feira apresentar um "plano técnico" nas próximas semanas para cortar as emissões poluentes dos veículos.

Na semana passada, o governo francês anunciou que os testes efetuados em França, na sequência do escândalo da manipulação de emissões que envolveu a Volkswagen, mostraram que na Renault foram "ultrapassadas as normas" para o dióxido de carbono e óxido de azoto.

Os mesmos testes não indicaram existir qualquer dispositivo para manipular os resultados, como aconteceu no construtor automóvel alemão Volkswagen.