Economia

Obras nos antigos BBC e Piazza di Mare embargadas

Promotor dos dois restaurantes de luxo em Belém vai ter de demolir tudo

A camara de Lisboa decidiu embargar as obras dos dois restaurantes de luxo que estão a ser construídos na zona de Belém, onde antes estavam o Piazza di Mare e o BBC.

O promotor do projecto, o grupo Azinor, terá de demolir tudo que fez além do que estava autorizado e ainda pagar uma multa. Além de uma cave que não estava prevista, os edificios cresceram mais do que o que estava previsto na autorização camarária.

A altura máxima definida pelo Plano Diretor Municipal (PDM), e licenciada pela autarquia, é de dez metros mas a construção já ia em 10,40 metros num edifício e no outro a caixa do elevador subira 1,10 metros mais do que o permitido, justificou o vereador do Urbanismo, Manuel Salgado,

Na reunião pública do executivo camarário, Manuel Salgado revelou ainda que mandou "imputar uma coima" ao promotor dos novos espaços por ter danificado três árvores na montagem do estaleiro.