Sociedade

Despesa com medicamentos destinados às doenças raras subiu 94%

A despesa com medicamentos órfãos, destinados às doenças raras, aumentou 94% entre 2007 e 2014, quando representava já 7,8% dos encargos hospitalares com medicamentos, segundo um estudo da Autoridade do Medicamento.


Os medicamentos órfãos são os que se destinam ao diagnóstico, prevenção ou tratamento de doenças raras que afetem até cinco em cada dez mil habitantes.

Os comentários estão desactivados.