Economia

Imposto Único de Circulação. Tabelas agravadas em 1,4%

Estado arrecadou 286 milhões com este imposto, enquanto as autarquias encaixaram 283 milhões em 2015.

As tabelas do Imposto Único de Circulação (IUC) vão ser agravadas em 1,4%, de acordo com a versão preliminar da proposta de Orçamento do Estado para 2016.

Este é o aumento médio a suportar na data de aniversário do veículo, sendo que a conjugação dos aumentos na tabela da componente de cilindrada com a da componente ambiental, a do CO2, o resultado é superior.

Recorde-se que esta taxa extra variava, com base no Orçamento do Estado de 2015, entre 1,39 euros nos veículos matriculados antes de 2007, de baixa cilindrada, ascendendo a 68,85 euros no caso dos automóveis mais potentes (2.500 cm3) após 2007.

De acordo as contas divulgadas pela ACAP, o Estado arrecadou 286 milhões de euros com este imposto, enquanto as autarquias encaixaram 283 milhões de euros só no ano passado.