Internacional

Apple recusa dar dados de um iPhone

Tim Cook, o presidente da Apple, recusou hoje uma ordem judicial que ordenava a empresa a fazer o desencriptamento de um iPhone. 

DR

O objetivo é para permitir o acesso do FBI às comunicações de um dos responsáveis por um ataque terrorista em San Bernardino, na Califórnia. Cook considera que o pedido questiona a política de privacidade e segurança dos clientes.