Vida

Golfinho bebé morre depois de ser retirado da água para tirar selfies

Um golfinho bebé morreu, na Argentina, depois de ter sido retirado do mar por um grupo de banhistas para ser fotografado.

O caso ocorreu em Santa Teresita e foi notícia em todo o mundo. Quando foi avistado da praia, o grupo de banhistas aproximou-se para observar melhor o mamífero.

Um dos jovens tirou o golfinho da água e tirou uma selfie com o animal. A partir daí, vários banhistas imitaram este comportamento, fazendo com que a cria andasse de mão em mão.

O excesso de tempo fora de água fez com que o animal desidratasse, causando a morte. Mesmo assim, os banhistas continuaram a ter selfies com o animal. Depois das sessões fotográficas, a cria foi deixada no areal.

A organização não-governamental Wildlife Foundation já emitiu um comunicado alertando para a vulnerabilidade da espécie. "A Franciscana, tal como outras espécies, não pode ficar tanto tempo fora de água (...) retirá-lo da água rapidamente causa a sua desidratação e morte. É fundamental que as pessoas ajudem a salvar estes animais, porque agora cada golfinho Franciscana conta", refere o documento.