Vida

Este restaurante aceita cães mas proíbe a entrada de banqueiros

No restaurante Les Ecuries de Richelieu, em Rueil-Malmaison, arredores de Paris, os cães podem entrar, mas os banqueiros não.

"Cães aceites. Banqueiros proibidos", lê-se no quadro de ardósia colocado à porta do estabelecimento. Se quiserem entrar, os banqueiros terão de pagar 70 mil euros.

O dono do restaurante, Alexandre Callet, decidiu assim vingar-se de quem não o quis ajudar. “Trataram-me como um cão”, disse ao jornal The Local.

Callet, de 30 anos, afirma que vários bancos recusaram dar-lhe um empréstimo de 70 mil euros para abrir um segundo espaço. O empresário considera a quantia irrisória, tendo em conta o volume de negócios do ano passado (cerca de 300 mil euros).

"Acredito na reciprocidade. Tinha de responder. Se me batem eu bato também", afirmou.

Les Ecuries de Richelieu é um restaurante frequentado por várias estrelas de cinema e consta do guia da Michelin.