Sociedade

31 toneladas de carne de coelho apreendidas pela ASAE

A ASAE anunciou este fim de semana ter apreendido durante a última semana 31 toneladas de carne de coelho congelada que se destinava ao consumo humano e estava armazenada em más condições. A ação de fiscalização aconteceu na região Norte: numa “unidade industrial de entrepostagem frigorífica, centro de reacondicionamento e sala de desmancha de carnes, localizada no concelho de Estarreja”.

DR  

Num comunicado enviado ao i, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) esclareceu que no decurso da ação se constatou que o armazenamento “da carne de coelho congelada – e embalada em caixas de cartão fechadas – era efetuado numa câmara de conservação de congelados sem condições mínimas para a eficaz aplicação dos procedimentos de higiene e segurança alimentar”.

Suspensão da atividade Fonte oficial da ASAE assegura ainda que foi esse o motivo que esteve na origem da determinação da suspensão da atividade.

Além de decretar a suspensão da atividade daquela unidade industrial, a brigada especializada de fiscalização das indústrias de produtos de origem animal da Unidade Regional do Norte da ASAE instaurou ainda o respetivo procedimento contraordenacional, tendo por isso apreendido as 31 toneladas de carne congelada encontradas nas instalações.

Segundo a mesma fonte, o valor da carne apreendida na ação rondará os 47 mil euros.