Sociedade

Conselho Superior do MP reconduz Amadeu Guerra no DCIAP

O procurador-geral-adjunto Amadeu Guerra vai continuar a liderar o Departamento Central de Investigação e Ação Penal. A decisão foi tomada esta manhã pelo Conselho Superior do Ministério Público (CSMP).

Em comunicado, a Procuradoria-geral da República disse que os membros do CSMP decidiram “renovar a comissão de serviço que o procurador-geral-adjunto Amadeu Guerra vem exercendo como diretor do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP)”.

O comunicado referiu ainda que “a deliberação foi tomada por unanimidade”.

Amadeu Guerra chegou ao DCIAP em 2013. Na altura, quando sucedeu a Cândida Almeida no departamento responsável pela investigação dos processos mais complexos de criminalidade económico-financeira do Ministério Público, o procurador recebeu três votos contra.

O magistrado está há 36 anos e meio no Ministério Público.