Economia

OCDE: Portugal com a terceira maior taxa de desemprego

A taxa de desemprego na OCDE caiu em janeiro 0,1 pontos percentuais para 6,5% da população ativa face a dezembro, com Portugal a manter-se com a terceira taxa mais elevada dos países membros, com 12,2%.

DR  

A tabela é liderada pela Grécia (24,6%, segundo os últimos dados disponíveis de novembro), seguida pela Espanha (20,5%).

Na zona euro, em janeiro, a taxa de desemprego desceu uma décima para os 10,3%.

Os outros Estados que continuaram a apresentar taxas de desemprego elevadas foram Itália (11,5%), Eslováquia (10,3%) e França (10,2%), valores que contrastam com a taxa da Alemanha, por exemplo, que em janeiro era de 4,3% ou da República Checa que era de 4,5%.

Os EUA, por sua vez, tinham em janeiro uma taxa de 4,9% (diminuiu uma décima face ao mês precedente).

Entre os jovens (15-24 anos), a taxa de desemprego na OCDE desceu 0,4 pontos percentuais para 13,1% em janeiro, com os países a apresentarem tendências variadas.

Na zona euro, a taxa de desemprego jovem desceu uma décima para 22,0%.

Na Grécia, a taxa de desemprego jovem permanece bastante elevada, nos 48% em novembro (últimos dados disponíveis), assim como em Espanha, onde se fixou nos 45%.

Em Portugal, a taxa de desemprego nos mais jovens foi de 29,9% em janeiro, face aos 30,1% alcançados em dezembro.