Vida

Bebé sobrevive a aborto

Vicky Harper decidiu abortar quando descobriu que estava grávida do terceiro filho, mas o bebé acabou por sobreviver ao procedimento, revela o jornal britânico Mirror.

Esta mulher de 24 anos descobriu que estava grávida em junho do ano passado e, com o apoio do namorado, decidiu abortar. Em causa estavam as dificuldades financeiras que o casal vivia e que um terceiro filho traria.

Depois da cirurgia, Vicky andava sempre cansada, com tonturas e não conseguia comer. Como já tinha estado grávida duas vezes, conhecia bem os sintomas, o que a fez comprar um teste de gravidez, que deu positivo.

Telefonou ao médico que a tinha operado e este disse que a cirurgia tinha corrido bem, que os sintomas que estava a sentir eram provocados por hormonas.

Vicky fez outros 14 testes de gravidez e acabou por ser observada pelo médico, que confirmou as suas suspeitas. “O bebé ainda lá estava”, disse ao Mirror.

Os médicos ainda ponderaram faz um segundo procedimento cirúrgico, às 16 semanas, mas, tendo em conta os riscos para a saúde da mãe e do bebé, não o concretizaram.

Jack nasceu no início deste mês, sem qualquer problema de saúde. E Vicky nãos e arrepende de nada do que fez: “Não mudaria nada. Ele é especial e saberá sempre o quanto é amado”.

No entanto, a mulher confessa que não tem coragem de contar a Jack que tentou abortar: “Como é que uma mãe diz a um filho que não era desejado? Tudo o que lhe posso dizer é que é um sobrevivente e que o amo mais do que alguma vez pensei ser possível.”