Internacional

Encontrado navio da armada de Vasco da Gama em Omã

Um navio português naufragado, que fazia parte da armada de Vasco da Gama com destino à Índia, foi descoberto em Omã.


O anúncio foi feito esta segunda-feira, pelo Ministério do Património e da Cultura (MPC) de Omã.

O navio, que naufragou em 1503, durante uma tempestade ao largo da ilha Al Hallaniyah, é a mais antiga embarcação dos Descobrimentos Portugueses encontrada e analisada por arqueólogos, lê-se na Lusa.

Apesar de o local do naufrágio ter sido descoberto, em 1998, pela empresa britânica Blue Water Recoveries Ltd., o MPC só fez o primeiro levantamento arqueológico em 2013. No total, foram realizadas três escavações – a segunda em 2014 e a última em 2015 –, e foram recuperados mais de 2.800 artefactos.

Foram precisamente artefactos encontrados na embarcação, entre os quais um disco de liga de cobre, com o brasão real português, e um emblema pessoal de D. Manuel I, que permitiram identificar o navio como sendo a nau Esmeralda, de Vicente Sodré.

Foi ainda encontrada uma moeda de prata rara, chamada Índio, que terá sido feita especificamente para o comércio com a Índia, por ordem de D. Manuel I.