Economia

Empresa de cosméticos corta 2.500 postos de trabalho

O anunciou surgiu esta segunda-feira, em comunicado feito pela Avon, e implica a supressão de 2.500 postos de trabalho e a mudança da sede para o Reino Unido, Inglaterra.

A estratégia de reestruturação da empresa surge depois da venda dos negócios da marca na América do Norte. Com as medidas anunciadas, a empresa, que vende cosméticos, estima uma poupança de 70 milhões de dólares em 2017.

No final do ano passado, a empresa de cosméticos empregava mais de 28 mil pessoas fora da América do Norte.