Economia

Montepio: Prejuízos sobem para 243 milhões em 2015

A Caixa Económica Montepio Geral fechou o ano de 2015, com um resultado líquido negativo de 243 milhões de euros, o que representa um agravamento de 23,3% em relação a 2014. Este é o terceiro ano consecutivo a registar prejuízos.

No comunicado divulgado esta sexta-feira através da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a instituição liderada por José Félix Morgado justifica os maus resultados com descida da margem financeira para 227 milhões de euros (-32,4%).

As baixas taxas de juro e o menor volume de crédito (-4% para 15,9 mil milhões de euros) também contribuíram. O produto bancário desceu para 455 milhões (-42%).

O crédito a clientes diminuiu para 15,9 mil milhões de euros (-4%) mas os rácios de crédito em incumprimento subiram devido aos 20 maiores clientes.

Os gastos operacionais aumentaram. Isto apesar da nova administração, em funções desde Agosto do ano passado, estar a tentar reduzir a estrutura de custos, no âmbito do plano estratégico que prevê rescisões com pessoal e fecho de balcões.