Internacional

Terrorismo. Malásia detém 13 suspeitos de pertencerem ao Estado Islâmico

As autoridades da Malásia detiveram hoje 13 pessoas suspeitas de fazerem parte do grupo terrorista Estado Islâmico.

“Foram detidas 13 pessoas e apreendidos documentos do Estado Islâmico”, avançou o inspetor-geral da polícia, Khalid Abu Bakar.

Na quarta-feira, as forças de segurança turca prenderam um igual número de pessoas também suspeitas de serem terroristas do Estado Islâmico, quatro deles serão prováveis suicidas.

Três dos suspeitos foram detidos em Istambul: um turco, um iraquiano e um sírio e, segundo a imprensa turca, o objetivo dos suspeitos seria atacar contra interesses alemães na cidade.

Os restantes foram detidos na fronteira síria e, segundo a imprensa turca, um deles teria na sua posse um colete com bombas.

Na terça-feira foi a vez da Alemanha. A polícia alemã deteve três homens considerados suspeitos numa auto-estrada que liga Munique a Salburgo, na Áustria.

Os detidos, de nacionalidade kosovar, viajavam numa viatura com matrícula belga.